O Blog do Roberto Porto


UOL

Bonde do Tinhoso arria os quatro pneus
e Fla-prensa detona o chororô

Na manhã da última segunda-feira, um destacamento da PM que regressava de uma perigosa incursão numa das comunidades da Zona Norte do Rio, descobriu um "carro" (foto) abandonado nas proximidades do Sambódromo. Pelas cores do Tinhoso, o tenente logo o identificou como um dos veículos da caravana de torcedores rubro-negros que foram a Belo Horizonte assistir ao jogo Cruzeiro x Flamengo pelo Campeonato Brasileiro. Mas um sargento, acostumado à leitura das seções de esporte dos jornais do Rio, levantou a hipótese de que o automóvel pertenceria à Fla-Prensa.

Formou-se então uma confusão: a região é ocupada por vários órgãos da imprensa (Lance, O Globo, Jornal dos Sports, Extra, O Dia) e o veículo poderia pertencer a qualquer uma das facções de periodistas que integram os já citados órgãos da imprensa. Diante do impasse, a solução foi rebocar o Tinhoso (apelido que o carro ganhou de estalo) para um depósito de ferro-velho no Caju, à espera de seu ou de seus proprietários. Com a derrota do Flamengo, até hoje – ou pelo menos enquanto escrevo estas linhas – ninguém se apresentou para resgatar o estranho e medonho bólido.

De volta à partida, que tirou do Flamengo a mais remota possibilidade de conquistar o título, devo esclarecer, a bem da verdade, que assisti diversas vezes ao polêmico lance entre Diego Tardelli e Léo Fortunato e cheguei à conclusão de que o árbitro Carlos Eugênio Simon, que estava em cima da jogada, que Diego Tardeli simulou ter sido derrubado pelo adversário, tentando, claramente, arrumar um pênalti. Carlos Eugênio Simon, agora, será denunciado à FIFA pelo clube da beira da Lagoa, acostumado à arbitragens que sempre o favoreceram nos jogos decisivos.

A Fla-Prensa está rigorosamente em polvorosa. Alguns cronistas mais exaltados querem a imediata prisão de Simon, já que o resultado do jogo – o Cruzeiro ganhou fácil por 3 a 2 – não pode ser alterado. Tudo porque a Fla- Prensa só admite árbitros caseiros, como, por exemplo, Djalma Beltrami, principalmente se ele, Beltrami, foi auxiliado por Wilson Moutinho. Outros, ligeiramente mais ponderados, querem a realização de um novo confronto, desta vez no Maracanã, a fim de evitar a gigantesca torcida do Cruzeiro que compareceu ao Mineirão e empurrou seu time à vitória incontestável.

De minha parte, sempre vendo o futebol de maneira imparcial, acho que as reclamações rubro-negras são improcedentes – na hora imaginei que fosse pênalti – e só espero que o São Paulo Futebol Clube conquiste o seu hexacampeonato, calando, pelo menos por algum tempo, a fúria rubro-negra. E para encerrar por hoje, só por hoje, volto ao automóvel abandonado no Sambódromo – o veículo está sendo periciado porque há suspeitas de que foi furtado. Que carrinho feio, aquele, heim? Ninguém, em sã consciência pode passar por ele e não levar um susto daqueles.

Arre égua, Satanás...

Saudações Botafoguenses,

Roberto Porto

portoroberto@uol.com.br



Escrito por Roberto Porto às 23h10
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




UOL

Chororô finalmente muda de lado

Dedico esta coluna a todos os integrantes da Fla-Prensa como antecipado presente de Natal.

Habituado eternamente a ser ajudado pelas arbitragens nos últimos anos, o Flamengo – jogadores, dirigentes, torcedores e a conhecida Fla-Prensa – foram à loucura, no Mineirão, quando o árbitro Carlos Eugênio Simon deixou de marcar um pênalti claro sobre Tardeli no derradeiro minuto da partida contra o Cruzeiro, na qual perdeu e ficou fora da disputa pelo título. É a tal história, embora tenha vindo com atraso de pelo menos três anos: pau que bate em Chico também bate em Francisco. E o chororô – sempre tão atribuído ao Botafogo – mudou de lado. Agora se instalou na Gávea.

De minha parte, com a maior honestidade possível, estava disposto a torcer pelo Flamengo. Mas minutos antes de o jogo começar, tive um estalo digno do padre Antônio Vieira. Por que, como carioca, apoiar o Flamengo? Foi então que me dei conta de que boa parte da família Porto mora em Minas Gerais (Uberlândia) e que meu amigo da ESPN Cláudio Arreguy é cruzeirense e botafoguense. Aí, caros amigos do blog, fiquei sem opção. Torci fervorosamente pelo Cruzeiro e fui dormir triplamente satisfeito: com a derrota do mascarado time do Flamengo, com o pênalti não marcado e com as expulsões de campo de Tardeli e Fábio Luciano. Que maravilha...

A Fla-Prensa rapidamente esqueceu o trabalho sórdido da dupla Moutinho-Beltrami – e de outros rubro-negros – em jogos decisivos contra o Botafogo. Mas aposto todos os meus miseráveis tostões que Carlos Eugênio Simon será crucificado (como os romanos faziam com seus inimigos) ou empalado (como o conde Dracul praticava na Transilvânia, região da atual Romênia). O gaúcho Simon jamais será perdoado pela Fla-Prensa, que chegou a aproveitar um take de vídeo da televisão para provar, no jornal, que houve o tal pênalti em Tardeli. Mas, repito, como o castigo vem a cavalo, chegou a hora do clube da beira da Lagoa desatar no chororô.

Por outro lado, senti a derrota do Vasco frente ao São Paulo diante de uma fanática multidão de cruzmaltinos que lotou São Januário. Gosto de Roberto Dinamite – embora tenha sido algoz do Botafogo – principalmente porque ele é honesto e o substituto de Eurico Miranda. Como Eurico no comando, alguma coisa abominável aconteceria em São Januário, relembrando 2000, por ocasião da final contra o modesto São Caetano. Mas tenho esperanças, embora que remotas, de que o Vasco não cairá para a segunda divisão. Seria um prêmio à honestidade de Dinamite que, certamente, será alvo de um tiroteio comando por Eurico Miranda e seus asseclas se o clube despencar. Mas o mascarado Renato Gaúcho merece.

Mas a satisfação de ver o Flamengo fora da luta pelo título é inenarrável, principalmente com as expulsões de Tardeli e Fábio Luciano, este último depois de a partida acabar. Realmente, há coisas que só acontecem ao Botafogo, mas há outras que demoram mas um dia desabam sobre o rubro-negro da beira da Lagoa. E nada melhor do que um pênalti não marcado no último minuto de jogo. Trata-se de um fato inesquecível.

Saudações Botafoguenses,

Roberto Porto

portoroberto@uol.com.br

 

PS.: "Pedro, vá arrumar um emprego" – mas de revisor-assessor do meu Blog... :)



Escrito por Roberto Porto às 09h43
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, RIO DE JANEIRO, Homem, Portuguese, Esportes, Arte e cultura, O BOTAFOGO, MINHA MAIOR PAIXÃO IMATERIAL
Histórico
Outros sites
  MEU LIVRO - clique aqui para comprar
  ESPN BRASIL - Leia minha coluna semanal
  DIRETO DA REDAÇÃO
  LIVROSDEFUTEBOL.COM - todos os livros de futebol com 10% de desconto e frete grátis
  VESTIÁRIO ALVINEGRO - assine a única agência de notícias sobre o Botafogo na internet
  ARQUIBA BOTAFOGO, o blog do meu amigo Paulo Marcelo Sampaio
  MUNDO BOTAFOGO, o blog do luso-alvinegro Rui Moura
  BLOG DA MALU CABRAL - é só para botafoguenses
  CORAÇÃO ALVINEGRO, um blog botafoguense de coração
  O BLOG DO GAROTINHO - José Carlos Araújo é o maior locutor do Brasil
  BLOGSTRAQUIS - de meu considerado amigo Moacir Japiassu
  IQUE - veja o blog do meu amigo e fantástico cartunista
  CLAUDIO JORGE - um tremendo músico, botafoguense de carteirinha
  CANAL BOTAFOGO - meu parceiro César Oliveira escreve lá
  CANTINHO BOTAFOGUENSE - o blog do Rodrigo Federman, de Vitória (ES)
  AMOR AO BOTAFOGO, blog do Rodrigo Medeiros
  BLOGTAFOGO - do Ricardo Nepomuceno
  SNOOPY EM PRETO E BRANCO, do meu parceiro Fábio Deus
  FOGOHORIZONTE - a maravilhosa torcida do Fogão em Belô
  CRÔNICA ESPORTIVA - do meu amigo Diego Mesquita
  JORNAL DE DEBATES, cujo editor no Rio é o botafoguense PC Guimarães
  A LÍNGUA DA BOLA, interessante site do Professor Feijó
  BLOG DO HELIO ARCANJO - que, como eu, também vai de Kombi...
  FUTEBOL É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS, tremendo blog do Luiz Fernando Bindi
  BLOG DO ERALDO LEITE - botafoguense e imperiano feliz
  PORRADA NELES! - o jornalista botafoguense PC Guimarães baixa o sarrafo na "flaprensa" e defende o Botafogo
  BLOG DO JOÃO-NINGUÉM, do Vinícius D´Ávila Barros
  FOGOBLOG by Álan Leite
Votação
  Dê uma nota para meu blog



O que é isto?